terça-feira, 25 de setembro de 2012

Satisfação

Talvez o melhor a ter
Das qualidades, a mais trivial
Descobri - não é a felicidade
Surpreso? Pasme.
Não que esteja eu
Renegando os motivos para sorrir
Não.
Mas às vezes existem bons motivos
Até mesmo para chorar.
Não quero ser só feliz
Quero desabar com quem desabafa
Quero ter desafios a me testar
Talhando minha pele
Retalhando minha alma
Só para que eu veja o quanto sou forte.
Simplesmente porque quero coisas significantes.
Então decidi:
O melhor que posso ter
É satisfação.
Integrado ao sentimento de completude,
estar satisfeito é encontrar a paz
Fazer escolhas e abraçar as consequências
Não desejar algo que não lhe pertence
Ainda que o que você tem mude
Estar satisfeito com as mudanças
Porque tudo tem um lado bom.
Se eu pudesse, por fim
Escolheria com sabedoria aceitar a vida
Incontrolável;
Imprevisível;
Respirar seu frescor
E me integrar a ela.

2 comentários:

Gabriel Santos Passos disse...

Sábias palavras!

Fico feliz em saber que você está encontrando seu próprio caminho no que os filósofos da antiguidade chamavam de Caminho do Meio.

Saudades das nossas conversas.

Roberta Albano disse...

Nossa, parece uma eternidade que não conversamos!
Acho que demorou um tempo, mas eu estou chegando na sua sabedoria, hein :)

Postar um comentário