sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Incontido

Só de pensar em você, me encontro sorrindo. É automático. Chega a ser injusto pensar que agora passo tão pouco tempo escrevendo.
Talvez seja porque a maior parte do tempo estou contigo. Sendo feliz.
Pela primeira vez em muito tempo passei meu aniversário sem nem um tantinho de inferno astral. Pelo contrário. Passei o mês inteiro preenchida por uma alegria empolgante que me fazia querer pular. Até pulei, na verdade. Principalmente nos seus braços.
É tão bom notar o quanto a vida evoluiu, sabe?
Quem ia imaginar que eu reencontrei alguém que conheci quando era adolescente. E que esse alguém seria tão compatível comigo. E finalmente conseguir viver em paz e feliz constantemente.
Eu sei que ninguém é incompleto sozinho. Mas é tão bom poder relaxar e ter alguém para cuidar de você. E como sou bem tratada e cuidada e valorizada e querida. E é tão bom ser finalmente tratada como mereço que estou quase transbordando aqui. Socorro!

Vou parar com o texto meloso. Por hora.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Seu abraço

Eu volto pra cama
Você me agarra
Me prende no abraço
Me esconde no peito
Você sorri enquanto fareja meu cabelo,
Os fios fazendo cócega no seu nariz

Me conta uma história
Me faz cafuné
Eu durmo perfeita
A cama desfeita
Me faz ter saudades

O perfume no travesseiro,
Que seguro com força,
Lembra você

Mais tarde você volta
E bate na porta, ao anoitecer

Me chama
Me diz que me ama
E faz esquecer
Toda mágoa passada
Faz em mim morada
Só quero você

quarta-feira, 22 de março de 2017

2 meses.

Quando penso em você me encho de alegria.
Hoje completamos dois meses. Parece mais? Porque é muito mais que só dois meses. Na verdade, já faz muito tempo que somos aquilo que o rótulo não declarou, não é mesmo?
É por isso que é engraçado perceber esse nível de maturidade num relacionamento tão novo. Até parece que somos adultos.
A verdade é que aprendi com você algo muito novo. Sempre procurei por pessoas parecidas comigo. Mas percebi que, mais importante do que isso, é a compatibilidade. E então não importa se pensamos diferente, se temos gostos diferentes. Quando estamos juntos, tudo se completa. E isso é interessante, porque me permite ver um mundo diferente e, ao mesmo tempo perceber, que meus gostos e pensamentos podem mudar e evoluir. Ao mesmo tempo, é impressionante notar quanto temos em comum, inesperadamente, e tirar o máximo de proveito disso, meu companheiro para todos os momentos.

Existem muitas qualidades que eu gostaria de ter em alguém que encontro em você. E portanto com você me sinto o melhor de mim. Protegida e cuidada como sempre achei que deveria ser. Também acho bacana finalmente ter percebido o quão perfeita é a frase daquele filme ruim ``Nós aceitamos o amor que acreditamos merecer``. E por que apaixonei-me por ela? Porque é totalmente verdade. Ninguém é obrigado a estar com ninguém,. Logo, todo o mal que alguém pode fazer continuamente, acontece porque permitimos. O mesmo com tudo de bom. Mas não é só por isso que adoro essa frase. É porque vejo, hoje, o quanto me valorizo. Passei por momentos em que eu poderia ter aceitado coisas ruins para mim, mas decidi que não e, ao fazer isso, percebi que meu amor próprio é grande. Eu mereço muito (porque também faço muito por onde merecer). Por que estou falando tanto sobre isso? - Você deve se perguntar, cansado de ler:

1. Você não tem papel em casa. Que tipo de pessoa não tem papel? Se você tivesse, minha mão estaria doendo, e eu estaria economizando palavras.
2. I`m a writer, deal with it.
3. Se eu me valorizo e você está ao meu lado, perceba: Você é incrível!
Você pode não ser perfeito - e ninguém é - mas você é exatamente o que eu queria para mim.
Eu não preciso me conter ou me esconder por medo de que você vá embora. Não me orgulho totalmente disso, mas nem preciso me controlar quando estou com raiva, porque você entende. E eu vou me controlar com o tempo, claro, é que estou apreciando essa liberdade maravilhosa de poder transbordar de sentimento, independente de qual seja. Além disso, me entender não é abaixar a cabeça. Você tem a perfeita coragem de olhar nos meus olhos enfurecidos e dizer ``sinto muito, posso errar em muitas coisas, mas não acho que esteja errado agora e acho que você está exagerando``. Eu lembro disso e fico com vontade de rir da cena. E você estava certo mesmo. Eu sou uma pessoa muito exagerada.
Quão maravilhoso é poder gritar com alguém ``você quer me deixar maluca?`` e ser completamente desarmada pelo seu carisma encantador. Alias, o seu charme torna muito difícil sustentar meus argumentos. Acho que vamos sempre ter que discutir por mensagem, by the way.

Você sempre se preocupa comigo. E sempre me quer ao lado, me fazendo sentir a pessoa mais querida do mundo. Você tem problemas e dificuldades, mas praticamente sempre está sorrindo, o que faz com que qualquer coisa seja leve. É bom estar ao seu lado. E eu percebo isso quando conseguimos estar em silêncio, sem que ele seja constrangedor. Acho que essa é a maior prova de quão confortável você se sente do lado de alguém.

Eu vou parar por aqui, mesmo sem vontade de parar. Acho que até para mim esse texto está ficando grande.

Mas obrigada por tudo. Você apareceu num dos momentos mais difíceis da minha vida. Sabe disso. E aos poucos foi ajudando a me recompor. Sei que ainda há muito para se resolver, maldita monografia, conseguir um emprego... esses são aspectos que você não pode suprir. Mas baby, quando tudo isso passar, eu vou te afundar em pilhas e pilhas de comidas deliciosas e montes de chocolate branco com Oreo.