segunda-feira, 10 de maio de 2010

Algo sobre heróis e amor

- Chegue mais perto – disse a vilã. Chegue mais perto e apaixone-se.

Já fazia algum tempo e ela continuava absorvendo a alma de Anakin. Durante toda a história as pessoas perguntavam porque seu super herói simplesmente não resistiu e deu um fim àquela simples bruxa. Se perguntavam e perguntavam a ele mas ele se recusava a responder. Havia muito sobre honra. Poderoso? Sim, ele era. E tinha demonstrado isso de todas as formas. Mas, ainda assim, só ela conseguia prendê-lo. “Deve ser hipnose”, eles diziam, "e magia das fortes".
De fato, nenhuma explicação concreta pode ser dada, se os olhos não bastam para ver. Quando a paixão bate no coração de um homem, ou de uma mulher, a razão não paira no ar, ela se prende no coração de quem sente. As pessoas podem não saber, ou não entender, o motivo de seu heroi se render renegando suas próprias defesas. Porém, para ele, tudo pelo qual ele havia esperado finalmente chegara.
A vida mascarada era solitária, no final das contas. As pessoas amavam seu salvador, mas ninguém nunca o amou como a pessoa com qualidades e defeitos que ele era. Anakin não queria ser perfeito, tudo que ele queria era ser humano. E, talvez, a forma de ser uma pessoa real, em vez da pessoa idealizada que ele se tornou para todos, fosse perder tudo que ele tinha de mais poderoso em nome de um grande amor. Ela era má, mas não absolutamente má; ao passo que ninguém é absolutamente bom. De nada existe a que se possa chamar de inteiro, tudo varia. Contexto é algo divertido de se observar. Mas, de qualquer forma, ela era capaz de ressaltar suas fraquezas, ou melhor, ressaltar o quanto ele era fraco perante o amor.

8 comentários:

Amanda disse...

O amor tira toda a razão.
E se não houver razão, ele tira a sanidade.

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel site. :)

Roberta Albano disse...

@Amanda

Exatamente isso! ^^

@Mustafa Senalp

Seja bem vindo! Ainda que eu não entenda :P

Afonso disse...

Não foi a toa que me disse a qual sua escrita é muito boa, tá de parabéns, ;)

Roberta Albano disse...

@Afonso

Uia, você apareceu. HEHEHE, eu tava exagerando. Eu não sou tão convencida, na verdade. Só gosto de escrever. Bastante!

pseudon_rj disse...

Um belo conto. Bonito e com um tema interessante. Eu, particularmente, gosto mais quando você escreve sobre os seus sentimentos, mas essa variação ficou bem legal ainda assim. :)

Obs.: Comentário do Mustafa totalmente edificante.

Roberta Albano disse...

@Ricardo

HAHAUSHAUHSD TOTALMENTE.
Meu fã número 1 ele!

Esse conto é velhinho já. Deve ter aproximadamente um ano :P
É da época que eu era mais produtiva, escrevi e editei em meia horinha. Saudades desse tempo... xD

Beta disse...

Olá Chará!
Seja bem vibda ao MIX!!!!

Volte sempre!!!

Agora vou conhecer seu cantinho!!

bj

Postar um comentário