domingo, 25 de julho de 2010

Farewell

Os olhos ardem e o peito dói. Não fui capaz de manter os sentimentos que tinha e agora não posso por fogo nas cinzas que me restam. Tudo que eu tinha, amor, você merecia e continua a merecer. Mas sempre tive dificuldade no 'para sempre' e nunca consegui permanecer por muito tempo a mesma. As ideias na minha cabeça se confundem e eu não quero ser isso. Eu quero sentir, quero sorrir ao sol, quero escutar músicas e senti-las vibrando. Eu não posso amar sem estar apaixonada, sem sentir arrepio no toque e gosto no beijo. E eu poderia continuar tentando, mas seria justo? Seria certo?
Nesse momento, sei que sou um anjo. E estive na sua vida para mantê-lo vivendo até conseguir as coisas boas com as quais você sempre sonhou. Você as tem agora, você não precisa mais de mim. Siga seu caminho feliz, porque eu não mereço se não consigo amar um namorado tão perfeito.

2 comentários:

Amanda disse...

Eu sei o que é isso.
O problema vai ser depois: 'só percebemos o valor de uma jóia quando a perdemos ou a roubam de nós.'
Eu sinto isso na pele.

Cristiano Fernandes disse...

Obrigado, espero do fundo do meu coração, que você merece toda felicidade do mundo, e que você sempre vai estar no meu coração, espero que um dia consigamos ser amigos.

Te AmO !

Postar um comentário